BOLETIM DE INTERVENÇÃO POLÍTICA, SOCIAL E CULTURAL DA CIDADE DE LORDELO

Publicação da Organização da Freguesia de Lordelo do Partido Comunista Português

domingo, 1 de abril de 2012

Não à extinção de freguesias!


31 de Março. Lisboa. Uma impressionanante manifestação popular. Com muitos presentes. Também com muitos ausentes. Ou porque não são afectados pela reorganização administrativa ou porque andam distraídos, a dormir, até acordarem um dia com um pesadelo. Até porque o Diabo anda aí. Ums dias é Relvas, outro dia é a Troika, outro dia é o discurso "modernizador".

31 de Março. Portugal. Um País diversificado, rural, tradicional mas também o país da verdadeira solidariedade social, do vizinho, das familias, do autarca-amigo. Não o país do motorista camarário, dos cargos e prebendas, do discurso fácil. Não o país das rotundas, das promessas, das estátuas. Mas sim o País que rejeita ser estrangeiro no interior das suas fronteiras.


31 de Março. Lisboa. Com o cansaço acumulado. Farto de ver a injustiça ser premiada. Mas PRESENTE orgulhosamente. De Paredes, uma centena de habitantes de Parada de Todeia, liderados pelo senhor Presidente da Junta de Freguesia. E a Associação para o Desenvolvimento da Freguesia. E a dignidade e a oportunidade de uma oposição desde o inicio. De Paredes, a presença distintiva do Executivo da Junta de Freguesia de Besteiros. E só. Lamentavelmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário